domingo, 8 de julho de 2007

marcianos sorridentes

Marcianos invadem essa terra baianis. Eles têm olhos de haitianos, pernas de novaiorquinos, fala de franceses e pele de australianos. São bronzeados, bonitos, posudos e sabem falar nossa língua. Que querem de nós? Seus assessores de imprensa alertam: é proibido chegar muito perto. Atrás da redoma de vidro construída em dois segundos, olhamos de longe enquanto devoram toda nossa comida e depois dançam forró alegremente em seus sapatos de couro puro, salto alto e bico fino. Sorriem bonito. Cada sorriso absorve um baiano. Mas a abdução não está sendo televisionada. O poder dos marcianos impediu que os cinegrafistas apertassem a tecla de gravar, embora mantenham as câmeras sobre os ombros e continuem andando para lá e para cá em busca do melhor ângulo. Este escritor resiste aos raios abdutores porque está de óculos escuros com proteção UV-A, UV-B, escondido atrás da árvore.

2 comentários:

Carlos Barbosa disse...

Tenho visitado seu blog. E tenho gostado. Também eu, de brincadeiro, componho e canto. Aindo ouso cantar a palo seco. Vou adicionar suas notas em meu blog. Prazer em começar a lhe conhecer. Abr. Carlos Barbosa

Mayrant Gallo disse...

Gostei da science fiction ao dendê! Abraço, Mayrant.