sexta-feira, 17 de agosto de 2007

ainda não

- Que gata!
- Obrigada...
- Tá linda nessa roupa.
- ...
- Gosto da tua boca.
- ...
- Posso?
- Ainda não.

3 comentários:

aeronauta disse...

Katherine e as entrelinhas dos diálogos... amplamente sugestivos e humanos. Grande abraço.

SANDRO ORNELLAS disse...

rárárárá.... só rindo mesmo... ô povo que insiste...

Palavras e co-lirius disse...

jejejejej
É mesmo, ainda bem que existe o advérbio "ainda", ele no leva, em contexto como este, a pensar que há uma possível esperança!!!